Qne Escola de Aviadores
QNE História Missão Parceiros Guia de Formação Duvidas?

Duvidas?

1. Existe Idade mínima e máxima para se tornar piloto?

A idade mínima é de 16 anos, onde o candidato estará apto a realizar o exame médico aeronáutico (CMA) que é o primeiro pré-requisito para o inicio do curso de piloto privado. Porém, é importante ressaltar que a idade mínima para finalizar o curso de Piloto Privado é de 18 anos. Dos 16 aos 18 anos é possível apenas adiantar o exame médico, a parte teórica e realizar voos duplo comando – com a presença do instrutor de voo. Assim a parte prática fica limitada a aproximadamente 18 hs de instrução, antes de realizar o voo solo. Para evitar descontinuidade no treinamento, recomendamos que o aluno planeje sua instrução de forma a realizar 1 voo por semana ao menos e sem interrupções. Não existe limite de idade para o curso, desde que o candidato apresente boas condições de saúde de acordo com o exame médico aeronáutico.

 

2. Qual é o tempo máximo para realizar o curso?

A parte prática do curso é efetuada com aulas individuais e o próprio aluno regula o andamento das missões de acordo com seu rendimento, disponibilidade de tempo e recursos financeiros. Com isso o curso pode ser realizado de forma intensiva ou em um tempo maior. Recomendamos que seja realizada ao menos uma missão por semana para manter um aproveitamento adequado no curso.

 

3. Qual seria o tempo mínimo para realizar os cursos de PP e PC?

Não existe também um tempo definido para finalizar os cursos. Em média, alunos com total dedicação aos cursos, podem finalizar as etapas em até 6 meses. Existem diversas condições que poderão postergar este tempo, que é apenas um estimado; meteorologia, sucesso nas avaliações, disponibilidade de aeronaves e de tempo do próprio aluno.

 

4. Qual é a forma mais econômica de finalizar um curso de PC MLTE IFR?

Analisando o RBAC 61, é possível afirmar que dentro de todas as deduções que um AATD propicia em conjunto com o treinamento em escola homologada nos cursos, a carga horária MÍNIMA deve apresentar as seguintes condições:

 

5. Como proceder para a solicitação de emissão de código ANAC, Licenças e habilitações através do site da ANAC?

O processo é efetuado diretamente pelo candidato via portal da ANAC exclusivamente. No site constam o passo a passoa para a instrução dos documentos no formato digital. A Escola não possui funcionário específico para este serviço, porém toda a equipe está a disposição para o esclarecimento de dúvidas e auxílio se necessário for

 

6. Quem escolhe os examinadores credenciados?

Para se candidatar a examinador credenciado da ANAC, o aviador deve ser indicado por uma entidade e possuir no mínimo 2 anos como instrutor de voo.  A ANAC analisa o curriculum do candidato que se aprovado é submetido a um curso específico de formação, ministrado pela própria Agência. A última etapa é um voo de avaliação efetuado junto a um Inspetor de aviação civil – INSPAC, aviador concursado da ANAC.
A partir deste momento o examinador credenciado estará apto a realizar voos de cheque conforme a autorização da ANAC e de suas habilitações. Atualmente a ANAC possui um efetivo restrito de INSPACs o que torna o cheque com estes servidores um processo demorado. Para minimizar, a ANAC utiliza os examinadores credenciados para atender a comunidade aeronáutica e estes realizam as missões de acordo com sua disponibilidade de tempo pessoal. As escolas normalmente dispõe de examinadores. Após o término do curso a escola verifica toda parte documental do aluno, os mínimos regulamentares para cheque e consulta a disponibilidade de tempo do examinador credenciado. Todo este processo leva de 7 a 15 dias em média. Assim é normal uma espera para o voo de cheque após a finalização do curso. Para efeito comparativo, á época do extinto DAC – Departamento de Aviação Civil do Ministério da Aeronáutica, omesmo processo poderia durar de 30 a 60 dias em média.
As taxas pagas pelo aluno (GRUs) não são repassadas para os examinadores credenciados. Estes profissionais recebem diretamente das escolas ou em alguns casos cobram valores diretamente dos alunos. A QNE não apresenta custo extra para realização de voos de cheque.

 

7. Obrigatoriedade de curso teórico de PP e PC:

A ANAC prorrogou até junho de 2014 a não exigência de curso teórico homologado de PP. Apesar de fortemente recomendado, este curso ainda é opcional e os alunos podem estudar por conta própria para obtenção do CCT de PP.
Para o PC é necessário que o aluno frequente e tenha sucesso em um curso homologado pela ANAC antes de realizar as avaliações na agência.

 

8. Obrigatoriedade de curso teórico de PP e PC:

A ANAC prorrogou até junho de 2014 a não exigência de curso teórico homologado de PP. Apesar de fortemente recomendado, este curso ainda é opcional e os alunos podem estudar por conta própria para obtenção do CCT de PP.
Para o PC é necessário que o aluno frequente e tenha sucesso em um curso homologado pela ANAC antes de realizar as avaliações na agência.

 

9. É possível realizar a parte prática de PP antes de conseguir o CCT (teórico) de PP?

Sim, desde que o aluno apresente o CCT antes de realizar o voo solo (em média 18 hs de instrução).  Conclui-se que o piloto pode iniciar o curso só poderá finalizar com o CCT. Atentar para sempre planejar o andamento das missões práticas de forma a evitar interrupções, seja pela idade ou pela falta do CCT. Assim não há prejuízo didático na parte prática do curso.

 

10. Quando a entidade deve emitir um Certificado?

A escola deve emitir um certificado sempre que o aluno concluir com êxito um curso. Alunos que cursarem a parte prática em mais de uma entidade deverão receber apenas o certificado da entidade de que finalizou seu curso, sem considerar o voo de cheque. O aluno deve exigir sempre a declaração de instrução de todos os seus voos realizados, que será um documento obrigatório para a instrução de solicitação de emissão de uma licença ou habilitação.

 

11. É possível realizar o curso teórico de PC sem ter finalizado o PP?

Sim, épossível iniciar o curso. Porém antes do término do curso é obrigatório que o aluno apresente a licença de PP. Somente mediante esta apresentação é que a escola poderá incluir o aviador na lista de aprovados que é encaminhada à ANAC ao término de cada turma teórica. Esta lista habilita o aluno a realizar as provas teóricas na ANAC.

 

12. Quando devem ser realizadas as horas noturnas ?

Não existe limitação ou necessidade de deixar estas missões para próximo do voo de cheque, como antes era o entendimento. O novo RBAC 61 prevê 3 hs de duplo comando com 10 pousos para o PP, que normalmente é realizado ao final do curso pelo simples fato de o piloto apresentar maior habilidade para esta missão que apresenta um maior grau de dificuldade.
Já no PC o piloto deve realizar 5 hs em comando. Para realizar as horas em comando, o piloto deve estar com sua experiência recente em dia, ou seja, ter voado noturno no prazo máximo de 90 dias, antes dos voos em comando. Caso este tempo seja expirado, o piloto deve realizar uma missão de voo noturno em duplo comando com um instrutor habilitado. Assim normalmente as escolas realizam 1 h em duplo comando de navegação noturna para habilitar que o aluno realize suas5 hs em comando em até 90 dias após esta missão. Todas podem e devem ser antecipadas não deixando para o final do curso, pois não é obrigatório estar com a experiência recente de voo noturno em dia para realizar o voo de cheque de PC.

 

13. No curso de IFR, posso realizar algumas horas em comando?

Não. O curso inteiro de IFR é realizado em duplo comando, uma vez que o aluno não possui habilitação de IFR. A única exceção nos cursos de formação, é no caso de PP, em que os alunos pilotos podem e devem realizar missões solo sem possuir a licença de PP.

 

14. Qual a diferença de aeronaves SOB CAPOTA e HOMOLOGADAS INSTRUMENTO REAL?

Primeiramente devemos observar a homologação das aeronaves. Aeronaves sob INSTRUMENTO REAL são habilitadas a realizar missões em condições IMC (por instrumento) ou VMC sob regras de voo IFR. As aeronaves SOB CAPOTA possuem uma autorização especial e específica por parte da ANAC para realizar treinamento de voo por instrumentos em condições VMC. Estas aeronaves apresentam instrumentos para o treinamento, porém não podem voar sob condições IMC (sem visibilidade). Todo o treinamento pode ser realizado neste tipo de aeronave, porém o voo de cheque deve ser cumprido obrigatoriamente em aeronaves homologadas IFR real.

Qne Escola de Aviadores

Endereço

Av. Padre José de Anchieta
nº 3762, Ed. Buzios 902, Loja 07

Bairro: Aeroporto, Guarapari/ES
CEP: 29.216-725
Fixo: (27) 3361-2019
Cel: (27)98191-5145
E-mail: atendimento@qne.com.br

Social